Hit ‘em right between the eyes- ou não.

Surpreendentemente, sim. As chances, no entanto, dependem de diversos fatores, como o calibre da bala, distância e região da cabeça que o disparo atinge. Enquanto a morte é certa em tiros feitos a queima-roupa ou de fuzil, disparos provenientes de pistolas ou revólveres -que costumam apresentar calibre menor- podem deixar a vítima inconsciente, mas viva.

O crânio humano não é uniforme. A espessura dos ossos que o constituem varia muito, dependendo da região em questão. Uma das regiões mais espessas é a conhecida como glabela, parte do osso frontal e localizada entre as sobrancelhas. A energia contida num disparo de pistola ou revólver calibre .45 ou inferior, é menor ou pouco superior à energia necessária para fraturar as partes mais resistentes do crânio. Além disso, essa energia é medida no momento em que o projétil deixa o cano da arma, e sabemos que ele perde parte dessa energia proporcionalmente à distância que viaja.

Mesmo que a bala venha a perfurar o crânio da vítima e chegar aos tecidos cerebrais, dependendo do ângulo do tiro, pode ser que ela não atinja os sistemas essenciais à sobrevivência, como o tronco cerebral e o tálamo. Essas estruturas se encontram bastante interiorizadas no crânio, refletindo a sua importância para a manutenção da vida no ser humano. A vítima de um tiro na cabeça que não atingisse esses tecidos, sairia com sequelas graves por conta de outras regiões do cérebro danificadas, mas com chances de sobrevida.

Há diversos casos documentados de pessoas que sobreviveram a tiros na cabeça ou danos ainda maiores, como acidentes com vigas metálicas. Em janeiro de 2011, a congressista americana Gabrielle Giffords foi vítima de um atentado em que acabou baleada na cabeça. Em agosto do mesmo ano, ela já fazia uma aparição pública no Congresso e, só em janeiro do ano seguinte, renunciou ao cargo por conta de sua recuperação.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s