TNT x Dinamite – Qual a diferença?

Sabemos que não existe muito segredo na função dessas duas substâncias: explodir coisas. Mas dizer que TNT é a mesma coisa que dinamite, além de errado, é uma confusão bastante comum.

O dinamite foi patenteado pelo em 1867 pelo sueco Alfred Nobel (sim, o mesmo do prêmio) e é basicamente uma mistura de nitroglicerina e diatomita, um tipo de rocha sedimentar calcária. A criação do dinamite foi uma grande revolução no mundo dos explosivos, pois trouxe, pela primeira vez, um composto com grande potencial energético e, ao mesmo tempo, relativamente estável.

Dynamite

Já o trinitrotolueno, ou TNT para os íntimos, é um composto nitrogenado em forma de cristal amarelado que, apesar de não ser tão poderoso quanto o dinamite, é consideravelmente mais seguro e versátil que o seu concorrente.

2282008Flakes TNT crater

Tanto o TNT quanto o dinamite são materiais chamados de altos explosivos, isto é, a liberação de energia dessas substâncias vêm em forma de detonação, não deflagração. Na detonação, o explosivo é decomposto numa violenta onda de choque que atravessa o ar geralmente a velocidades supersônicas, enquanto que a deflagração consiste numa liberação mais lenta de energia, com o explosivo sendo incendiado gradualmente. A pólvora e substâncias empregadas em fogos de artifício são exemplos de baixos explosivos, aqueles que se decompõem por deflagração.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s